Camilla, querida!

34 anos. Quem diria, os 30 estão cada vez mais distante. Quase metade da vida média de um brasileiro. Pergunta importante: está feliz? Que bom! No fim de tudo essa resposta faz toda diferença. De qualquer forma, tenho alguns conselhos, quer dizer, dicas, ou se achar melhor, ideias. Escuta:

– Abra mão do controle. Definitivamente. Abrace o apego mas fala pra ele com carinho que pode ir embora. Os dias estão voando, a vida é um sopro. Se entrega. De corpo e alma. Sem garantias, sem expectativas. Vai dar certo, sempre dá, lembra?

– Se ame, se valorize, se dê colo, carinho e compaixão. Lembra que o amor, aquele de verdade, que não espera nada em troca do outro, que não é favor, vem de dentro. Quando a gente é feliz consigo mesmo, não manda a conta da felicidade pro outro.

– Mas não esquece de amar o próximo, tá bem? Quando fazemos nossos pares felizes, a felicidade bate no espelho e volta em dobro pra gente. Seja gentil, elogie, cative, se coloque à disposição, leve luz. Dê a mão e caminhe junto. Dividam as virtudes, transformem o mundo.

– Admira sempre o Leandro. Ele é incrível. Tem qualidades maravilhosas que superam qualquer defeito. Tudo bem os sapatos espalhados pela casa, a memória fraca, a necessidade de direcionamento. Ele tá muito disponível para atravessarem essa vida de mãos dadas com amor e afeto. Isso basta!

– E o Davi? Ahhhh, o Davi! Que graça ele está. Não esquece que ao pegar ele no colo desejou-lhe liberdade para ser o que quisesse. Esteja ao lado, abrace, acolha, pegue no colo. Mas deixa ele caminhar com as próprias pernas. Não fala muito alto se não ele não vai conseguir ouvir a própria voz. Ensine arte, música, cinema, disciplina, organização, amor, amizade. Ensine fé. O resto vai!

– Já passou da hora de tirar o foco da escassez. Cultive abundância. Muita e sempre.

– Agradeça todos dias, incansavelmente, por tudo. Principalmente pelas pessoas que Deus colocou ao seu lado. Elas são fodas. Te ensinam tanto, tanto. Te apoiam incondicionalmente. Trazem ternura, são espelhos, deixam os ombros à disposição. Que sorte a sua! Gratidão sempre!

No mais te desejo saúde, saúde, saúde. Sabedoria também. Paciência, doçura, luz, amor. Sucesso. E leveza.

Devo ter um monte de outras coisas para te falar mas agora só me lembro dessas mais importantes. Tranquilo, o resto a gente conversa pessoalmente. Cineminha essa semana? Depois a gente passa na livraria e come uma pizza. Combinado!

Com carinho,

Eu mesma!

 

Anúncios

Se Junte à Conversa

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: